Bem amigos do Razão Inadequada, o último jogo entre Manifestantes e Policiais ocorreu na Arena Roosevelt, dia 01 de julho de 2014, perto do Fifa Fan Fest. O jogo começou às 18hs, mas terminou antes do final do primeiro tempo com jogadores do time dos Manifestantes expulsos de campo.

- a Arena Roosevelt foi especialmente reformada para o evento
– a Arena Roosevelt foi especialmente reformada para o evento

A Arena estava lotada, o time dos policiais trouxe aproximadamente mil jogadores! Um contingente enorme que parecia a Legião Romana (time italiano muito antigo). Vários deles estavam com aquela armadura que atua no exterior e cavalos que foram treinados especialmente para o jogo. Já estavam também os clássicos escudos, tão usados no movimento tático tanto de ataque quanto defesa e contra-ataque.

- parte do time dos policiais ouvindo seu hino
– parte do time dos policiais ouvindo seu hino

O time dos manifestantes veio reforçado por palestrantes e com esquema tático diferente, já que seus jogadores estavam todos atuando em outros times (principalmente os de Junho de 2013). Desta vez,  eles não sairiam em passeata nem andariam pelo centro da cidade, esta prática já estava manjada pela polícia que nos atos passados conseguiu expulsar dois de seus jogadores (Fábio Hideki e Rafael Marques) numa manobra inusitada. No último jogo entre os dois times, por exemplo, a Polícia conseguiu intimidar os Manifestantes, exigindo um “Lider”, sendo que, todos sabem, o time dos Manifestantes não joga com a braçadeira de capitão.

– Time dos Manifestantes

O jogo começou com os policiais usando um esquema tático agressivo. Revistando o time dos Manifestantes que chegavam na arena. No centro dela, o time dos Manifestantes parecia acuado, já havia montado o som, computador, e só estavam testando microfones e pendurando faixas.

Durante o aquecimento, os manifestantes gritavam palavras de ordem, “Não à Repressão, Fora PM”, “O Poder pro Povo, Vai fazer um mundo novo”. “Facistas, Não passarão”, entre outros da torcida… Os PMs fizeram um esquema tático de cercamento e intimidação. A cavalaria passava fazendo barulho e distraindo os jogadores, alguns policiais andavam dentro da área inimiga tentando cavar pênaltis.

- esquema tático da PM neste jogo
– esquema tático da PM neste jogo

Não deu certo…. o time dos manifestantes sabia da tática manjada dos PMs, ainda assim, convardemente, dois advogados ativistas foram presos fora de campo! Tudo porque perguntavam pela falta de identificações dos PMs, muitos números e poucos nomes. Claro que o Juiz não fez nada, porque não há juiz no campo, somente fora dele, mas muitas vezes eles não apitam nada ou o jogo já está comprado… outras vezes, quem julga é a história…

Os convidados para o Ato/Debate foram vários, sua intenção era atacar com ideias, reflexões e conscientização. Eles tinha jogadas aéreas ensaiadas. Sua intenção era cruzar com a cabeça. Uma testemunha ocular da prisão de Fábio Hideki disse que não havia nada na mochila do manifestante, e que as provas foram forjadas. Padre Lancelot, capitão dos Manifetantes do último jogo disse que se Hideki era culpado, então somos todos culpados! Ele falou que lutou no torneio da Ditadura Militar e não seria agora que baixaria a cabeça, recebeu muitos aplausos (ele também participou da corrida de obstáculos com catracas do metrô, mas declarou que não conseguiu pular porque estava velho, o que gerou risos na plateia).

- Padre Lancelot, capitão da última partida
– Padre Lancelot, capitão da última partida

Neste momento, o domínio da bola estava 80% com os Manifestantes, com passe rápido de um convidado para o outro! Eles estavam atuando com maestria neste novo esquema tático! Era incrível a qualidade desta nova seleção e a beleza do jogo no quesito conscientização. Não sabíamos o resultado imprevisível do jogo, mas me pareceu muito importante realizar um Ato/Debate para trazer as perspectivas do que estava acontecendo com as manifestações. Ainda sim, não conseguia deixar de me perguntar: “E se a polícia atacar a gente pelas costas? A torcida toda está com eles, aparentemente…”.

O time dos Manifestantes estava realizando uma partida pacífica, mas o time dos Policiais não estava nem aí! Durante a leitura da carta de Hideki, um músico foi revistado e levado para a delegacia. Aí começaram uma infinidade de faltas gravíssimas. É gás lacrimogêneo pra cá, spray de pimenta pra lá. No mano a mano, o time dos Manifestantes sempre perde (a não ser na partida histórica em que a derrota do time do MPL se provou uma grande vitória no próximo jogo).

Este comentarista que vos fala não conseguiu ver direito o que estava acontecendo porque o gás lacrimogêneo o fez tirar os óculos, e ele não enxerga bem à noite. Mas era possível ouvir os disparos de bala de borracha, tática altamente ofensiva e muito usada pelo técnico Geraldo Alckmin.

- policiais realizam jogada ensaiada
– policiais realizam jogada ensaiada

Há vários vídeos gravados por câmeras diferentes, com replays em câmeras exclusivas, dentro do campo! Outras 3 pessoas foram presas. Até mesmo os narradores e comentadores do G1 e Folha, que claramente hostilizam os manifestantes, viram quanto surreal foi a situação. Após a confusão, o Ato/Debate tentou continuar, mas com os desfalques do time dos Manifestantes, o jogo desta noite já estava perdido!

Acompanhe hoje o jogo entre MPL e Secretaria de Segurança. O jogo ocorrerá na Arena Tribunal de Justiça! Até lá!

- PM na retranca, mas com seu esquema tático sempre agressivo
– PM na retranca, mas com seu esquema tático sempre agressivo

PS: Este post, apesar de lúdico e fantasioso, é uma crítica real à mídia que dedica todos os seus programas jornalísticos para cobrir os eventos da Copa do Mundo e aos espectadores que se deixam levar pelo falso espetáculo forçado e forjado. Após o ato absurdamente arbitrário e com clima de Ditadura os jornais alegremente passavam os gols da rodada e entrevistas estapafúrdias com os jogadores.

Quem sabe esta paródia (de muito mal gosto, eu sei) não faça acordar e conscientizar alguns dos que estão vendo a bola rolar enquanto outros estão sendo reprimidos por organizarem debates em praças públicas! A polícia foi de uma violência descabida e de uma intimidação INIMAGINÁVEL!

Talvez, narrando a repressão como um jogo de futebol, aqueles que estão hipnotizados por essa linguagem tenham acesso aos absurdos ocorrendo nos bastidores da Copa do Mundo! Esta luta é nossa, todos estão envolvidos e implicados na questão! Acordem, a Ditadura bate à porta, e vocês não escutam porque estão gritando GOL!

Escrito por Rafael Trindade

"Artesão de mim, habito a superfície da pele" Atendimento Psicológico São Paulo - SP Contato: (11) 99113-3664

6 comentários

  1. Muito boa alusão!
    Eu nao estava dessa vez, mas os relatos que ouvi foram tensos!
    É um aparato de repressão gigantesco… Democracia do choque!

    Curtir

  2. Texto interessante pela maneira que foi escrito, mas sinceramente, já não da mais para ler nada sobre o tema. Ainda busco uma descrição fiel e real do que acontece nessas manifestações pq para mim gritar “Fora PM” é tão agressivo quanto o esquema tático deles com cavalos.

    Os textos direitistas mostram anarquistas baderneiros e bandidos que estão lá para causar discórdia e forçar atos de violência da polícia.

    Os textos esquerdistas se postam sempre como coitados perseguidos por uma suposta ditadura que só afeta a eles. Mostram opressores corruptos contra bons moços angelicais tentando debater temas amigavelmente e sendo, sem razão lógica alguma, reprimidos de forma truculenta.

    Sempre há um “a Copa vai deixar um legado” que ninguém sabe exatamente qual é e qual será seu custo. E por outro lado sempre tem um “falso espetáculo forçado e forjado que não vai redimir os problemas sociais do país” fracamente argumentado, sem nenhum fundamento econômico e muitas vezes seguidos pelo clichê #acordaBrasil.

    No fim dos textos sempre há um abuso de uma das partes e sempre a razão é a famosa: “mãe, foi ele que começou”!!

    Ainda assim este deve ser o melhor texto sobre o tema que ja li, pq vc fez a mesma coisa que todos os textos fazem: culpar a outra parte sem argumentos lógicos. Mas pelo menos fez isso de uma maneira mais inteligente e bem humorada =)

    Curtir

  3. Na mesma noite escrevi um texto parecido com o seu:

    NA COPA DAS COPAS, CARTÃO VERMELHO PARA A DEMOCRACIA !

    Hoje, iremos transmitir o maior clássico desta copa, o jogo entre “Direitos Constitucionais F.C vs E.C Estado de Excessão”.

    A torcida se acomoda em seus lugares, marxistas e sem-terras sentam a esquerda, onde temos no cardápio, o caviar anti-fifa. Nos locais da direita temos olavetes e tucanos, que mandam a presidenta Dilma ir tomar um suco com Pelé a cada jogada perigosa.

    Os jogadores entram em campo, e uma pequena parcela da torcida, la no fundão, onde as cameras não chegam, aplaudem o time da Constituição, que vem com a seguinte formação.

    No gol, MTST, que apenas se defende dos ataques, ainda na defesa, temos a ONU, OAB e alguns grupos de direitos humanos, que só aparecem quando o ataque do rival é fuminante.

    No meio-de-campo, temos movimentos sociais, como o Cômite Popular da Saúde, MPL, FIP e alguns sindicatos que ficam na reserva.

    Já no ataque, temos o fênomeno, que ao contrário de Neymar, teve sua habilidade diminuida pela mídia, mesmo assim chamou a responsa e foi pro jogo, com a 9, entra em campo o Black Bloc !!!

    Mas, nem o folego do jovem atacante Black Bloc, tirou a artilharia do adversário, que vem em uma formação extremamente ofensiva, com um ataque matador formado pelo CHOQUE, CAVALARIA, POLÍCIA CIVIL, e até mesmo o EXÉRCITO, preenchendo a defesa do “E.C Estado de Excessão”, temos a alienação mídiatica e o pão (sem manteiga) e circo.

    Logo na abertura da Copa, a democracia recebeu cartão vermelho, ficando suspensa do torneio até o fim do mesmo, a questão é: será que o STJD vai dar uma punição mais severa a democracia, assim a impossibilitando de jogar mesmo depois da copa ?

    Curtir

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s