Albert Camus nasceu na Argélia em 1913. Teve uma infância difícil, marcada pela miséria. Concluiu com esforço seus estudos, inclusive o mestrado e o doutorado. Entre os intelectuais de seu país natal, colaborava com escritos para o jornal Combat e ajudou a fundar o Alger Républicain. Escreveu alguns estudos e ensaios, mas ganhou certo renome com a publicação dos romances “A Peste”, “A Queda” e “O Estrangeiro”. Embora tivesse a saúde frágil e sofresse de tuberculose, o filósofo morreu em um acidente de carro em 1960.

Ao receber o prêmio Nobel de literatura em 1957, ele disse:

Pessoalmente, eu não posso viver sem minha arte. Mas eu jamais coloquei essa arte acima de tudo o mais. Se, em compensação, dela necessito, é porque não está separada de ninguém e me permite viver, tal como sou, no mesmo nível dos demais.”

Camus assim escreveu em seu diário: “peço apenas uma coisa, e o faço humildemente, embora saiba que é exorbitante: desejo ser lido com atenção”. Pois foi exatamente o que fizemos. “O Homem Revoltado” foi escrito no pós-guerra, em 1951, e seu objetivo era fazer uma análise dos crimes cometidos em nome da revolta e da revolução. Muito mal recebido, o livro foi o motivo do fim da amizade entre ele e Sartre, e também alvo de críticas por grande parte da intelectualidade francesa. Neste, que é um dos livros de filosofia mais importantes do século XX, Camus se posiciona sempre ao lado dos homens, e portanto ao lado da vida. Seu grito filosófico procura redimir o revoltado e dar-lhe diretrizes precisas para suas atitudes. Esta série se propõe a dar um panorama do conceito de revolta do autor em quatro partes:

O_HOMEM_REVOLTADO_1308341321P
Homem Revoltado, Ed. Record

1 – O Homem Revoltado

2 – Afirmação Absoluta: O Nazismo

3 – Negação Absoluta: O Marxismo

4 – Uma Ética da Revolta

4 comentários

  1. Camus um dos meus escritores preferidos.Dele sou filho,irmão,cúmplice,personagem e muito mais ,graças a ele sou um homem revoltado por ele não mais existir.Ser Camus é fácil,difícil é não querer ser Camus.

    Curtir

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s