Espinosa Subversivo

R$150,00

Curso Online e Gravado
Terças Feiras, 9, 16, 23, 30 de Junho e 7 de Julho às 19h.
Gravações disponíveis dois dias após a aula

  1. Deus
  2. Desejo 
  3. Multidão
  4. Direito 
  5. Superstição
  6. Democracia 
  7. Conhecimento
  8. Liberdade 

 

Carga Horária: 6 horas
Acesso por 90 dias prorrogáveis
Emitimos certificado simples

Quer um desconto? Torne-se um assinante comprando: Seja um Assinante! – Insensato ou Seja um Assinante! – Insubmisso!

Categorias: , Tag:

“A filosofia é grande e bela, nesses caminhos da subversão do real e de sua miséria: Espinosa é seu elogio” Antonio Negri, A Anomalia Selvagem

Apresentação

 

Bento de Espinosa escreveu a parte mais importante de sua obra nos últimos anos de vida. A Ética, o Tratado Teológico-Político e o Tratado Político datam da década de 1670. O que significa que Espinosa é um filósofo do século XVII e, portanto, do período chamado na filosofia de moderno. 

Ao longo de mais de 150 anos, Espinosa foi lido como apenas mais um dos modernos, e um dos pequenos e menos importantes filósofos do período. O espinosismo antes do século XX era achatado em um cartesianismo místico ou como uma modesta seita dialética pré-hegeliana. No entanto, a filosofia de Espinosa é muito mais do que isso. Ela tem uma voz própria que, se lida com a devida atenção, é bastante – subversiva! 

A proposta desse curso é comparar as ideias de Espinosa com algumas das ideias mais correntes da filosofia e mostrar como podemos recuperar o espinosismo enquanto uma linha filosófica bastante singular e potente. Veremos como Deus, o Amor, a Liberdade, a Democracia, entre outros temas ganham novo fôlego a partir da leitura do filósofo holandês.

 

Bibliografia

 

ESPINOSA, Ética
ESPINOSA, Tratado Teológico Político
ESPINOSA, Tratado Político
NEGRI, A. A Anomalia Selvagem
NEGRI, A. Espinosa Subversivo
DELEUZE, G. Espinosa e o Problema da Expressão
CHAUÍ, M. Desejo, Paixão e Ação na Ética de Espinosa
CHAUÍ, M. Política em Espinosa

Dúvidas sobre o funcionamento do curso? Veja as perguntas frequentes!