O que é Psicologia?

Perspectivas e Paralaxes

Toda psicologia, até o momento, tem estado presa a preconceitos e temores morais: não ousou descer às profundezas”

– Nietzsche, Além do bem e do mal, §23

Escolhemos as obras de Pieter Bruegel para ilustrar nossa série

O campo do conhecimento é parecido com um campo de batalha, alguns ganham, outros perdem. De nossa parte, achamos que a historiografia oficial não escolhe bem seus representantes. Queremos fazer nossa parte, dar a nossa versão, abrir algumas possibilidades. O que estes filósofos podem nos trazer de novo?

As bases filosóficas da psicologia são os alicerces que a sustentam. Se ao invés de Platão, Aristóteles, Descartes, Kant, Hegel e etc., propusermos Diógenes, Foucault, Antífon, EpicuroEspinosa, Hume, Stirner, NietzscheDeleuze e outros tantos, acabaremos com uma psicologia completamente nova. Que bom, esta é nossa intenção. Como cada um desses autores responderia o que é a psicologia?

Através destes textos quebraremos com alguns preconceitos da psicologia. Sairemos do lugar comum. A ideia é propor caminhos pouco trilhados e conhecidos para ela. Já dizia Nietzsche que “a rainha de todas as ciências é a psicologia”.