O potencial encerra em si muito mais do que a concretização de um ato. Seguindo ou não o curso desejado, há efetividade, há efeito. O acontecimento se dá em todos os sentidos e escolher por um é escolher por todos. Afirmar uma vontade é o mais trágico “sim” de que somos capazes, pois, ao fazê-lo, construímos uma ponte cujo destino é desconhecido. Sejamos honestos ao menos por um momento: ao clamar pela luz, não nos deixemos esquecer da sombra!

Há pouco, falava sobre um pássaro que cai. Que tipo de animal investe sua vida no voar quando já não pode contar com suas asas? No que ele estava pensando quando, no estado em que se encontrava, lançou-se ao precipício? De todas as respostas que me vêm à mente, repudio especialmente a hipótese de que ele, como se estivesse num jogo de sorte ou azar, apostou. Ao contrário, agrada-me a tese de que ele afirmou.

Traço uma linha. Desenho um risco na existência. Rabisco um nada em um pleno. Esboço um passo. Uma linha por sobre um precipício, risco assumido em cores vivas, um nada que tomo por tudo, um esboço de acontecimento. Pé ante pé, caminho por uma corda estendida por sobre  a profundidade insondável que é abismo visto de cima. Quero atravessá-lo, nada mais.

1185550_518731798207164_987313548_n

Pássaros pairam alegremente acima de mim. Encontro-me no meio do caminho, igualmente distante de ambas as extremidades, ínfimo entre dois infinitos. O instante parece se alongar, a corda parece encurvar e os pássaros parecem cantar. Por um momento de devaneio, tropeço.

Ao ver-me distanciar da outra margem do abismo, percebo que alcancei meu objetivo. Eis o resultado de meu investimento: observar o céu enquanto despenco rumo às profundezas. É este, então, o horizonte que se apresenta a mim. Tão belo. De que outra maneira eu teria esta perspectiva? Como poderia eu imaginar tal intensidade quando pensava apenas na travessia? Este é meu destino? Amo-o.

Escrito por Rafael Lauro

Sou formado pelos livros que li, pelas músicas que toquei, pelos filmes que vi, pelas obras que observei, pelos acontecimentos que presenciei e pelos relacionamentos que tive. Sou uma obra aberta.

5 comentários

  1. Nossa Rafa!! Que lindo…fiquei até emocionada!!…dar um passo pra alguma coisa sem se importar,… admirar e aproveitar as possibilidades!!!

    Curtir

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s